hum, yummy!

*

Eu assisto ao Food Network onde todos os chefs celebridades, quando preparam suas gororobas – simples ou sofisticadas – em seus shows diários, não economizam humns e ohs. São auto-elogios incessantes, tudo é lindo, maravilhoso, uma delícia, fantástico, saborosissimo, incrível, sensacional, espetacular, yummy!!!
Como na minha cozinha de dona de casa comum, muita coisa queima, fica salgada, incomível, muito apimentada, com um gosto estranho, engororobada, insípido, amargo, aguado, duro demais, mole demais, encaroçado, azedo, torrado, começo a pensar se a propaganda não é mesmo a alma do negócio.
Resolvi mudar a minha estratégia derrotista, que está sempre pedindo desculpa pelos meus erros culinários. Sentamos para jantar e na primeira garfada fiz uma cara de prazer intenso e comecei a murmurar – hmmmm, hmmmmmmm, que delícia de comida, nossa, muito bom, muito bom mesmo!
Não mudou o sabor da gororoba, mas certamente impressionou o Ursão, que comeu com muito mais entusiasmo.

  • Share on:
Previous
back on track
Next
flores
  • Ingrid, a Rachel Ray eh a que mais me irrita com os ‘hmmmhmmmmhmmmmm’ dela! nao eh possivel que seja tudo TAOO bom, neh? eu quase nao assisto aos shows dela, porque acho ela uma chatonildinha [e tem aquele onde ela entrevista celebridades e fica numa puxacao de saco simplesmente insuportavel..].
    eu gosto do Good Eats com o Alton Brown! 🙂
    bjao,

  • Esse um Ursão é um amor. Você já viu aquele programa da Rachel Ray, quarenta dolares por um dia, tudo que ela pôe na boca é uma delicia…ela descreve tudo com tanto prazer…
    sei não, se Não é conversa pra boi dormir, mesmo assim adoro!

Deixe uma resposta para Ingrid Littmann Cancelar resposta

o passado não condena