Pollock & Guimarães Rosa

*

Sentamos na mesma mesa que os Pollock – Nancy e Jim. A Nancy eu já conhecia, pois ela recebeu o treinamento de docente da International House comigo. Sempre que me encontro com ela eu fico com um pensamento obsessivo me atormentando. Como é para ela ter um sobrenome famoso? Já fiz a pergunta, que recebeu uma resposta direta e simples – ” eu não gosto das pinturas dele”. O autor das pinturas que não seduziram a Nancy é Jackson Pollock, um dos mais famosos pintores americanos do século vinte.
Eu tenho empatia pela Nancy, mas apesar de eu já ter explicado o meu caso, tenho certeza que ela não consegue entender a magnitude do fardo que eu carrego. Eu imagino o que é para ela ter o sobrenome de um pintor americano famoso, mas tenho certeza que isso não é nem de perto comparável à sina de ter o sobrenome de um dos maiores escritores da lingua portuguesa. E como a Nancy, eu tenho sempre um sorriso amarelo como resposta. Sem falar que eu nunca li nenhum livro do Guimarães Rosa.

  • Share on:
Previous
Irish dinner
Next
teimosia
  • Carla, qdo eu falo que nao sou uma autentica Guimaraes Rosa, muita gente pensa que eu uso o sobrenome do escritor so pra fazer pose. Eh meu sobrenome mesmo, mas nao tem nada a ver com o Joao! 🙂
    Leila, devo dar gracasaadeus que meu nome nao eh Celine Dion, neh? 😉
    Ana, foi facil virar uma GR. Foi so nascer G e casar ccom um R! 🙂
    Stella, obrigada pela recomendacao!
    ana, OBRIGADISSIMA! Vou mandar meu endereco por e-mail! mile thanks! 🙂
    Gabby, os gatos continuam naquela: o Roux tentando ser amigo e o Misty fugindo dele….. 🙂
    Beijao pra todas!

  • Ai Fer, ler Guimarães Rosa é tudo de bom!!
    Em abril vou participar de diversas aulas ministradas na casa das rosas (SP) sobre seus contos. Dou o livro Primeiras Estórias pra todas as pessoas que gosto muito. Acho que elas merecem ler.
    O Miguilim também é lindo!
    Se vc quiser, me passa seu endereço daí por e-mail que te dou um livro dele de presente.
    Beijoca!!!

  • Mas Fer o seu caso é bem mais raro que o caso da Pollock, que é um nome relativamente comum. Guimaraes Rosa é composto por isso a raridade, vamos encontrar Guimaraes ou Rosas mas os dois é mais dificil mesmo 🙂 Beijos

  • Fer, que tal colocar um “disclaimer” no seu blog: “Não sou parente do escritor Guimarães Rosa”. Deve ser um saco mesmo ter sobrenome de gente famosa e ter que responder a mesma coisa trilhões de vezes! Bem, menos mal que te relacionam com um excelente escritor. Imagine você se chamar Brizola, por exemplo, ou Bush, sem ter nenhum parentesco com os famigerados políticos. Ou então ser como aquele personagem do filme Office Space, que se chama Michael Bolton, e tem horror à música do cara.

  • Fer, das primeiras vezes que entrei aqui tinha certeza a-b-s-o-l-u-t-a que seu nome tinha algo a ver com o “dele”. Ate fiquei meio confusa quando descobri que nao. Mas o que admiro e que voce nao tentou se esconder atras de Fer Guimaraes, ou Fer Rosa. Seria muito facil. Deve ser um saco ficar ouvindo perguntas sobre isso o tempo todo.
    Agora imagine quem tem mesmo uma relacao com o famoso. A Janaina Amado, neta de Jorge, tem um blog. Eu vou muito la, mas faco de conta que nem percebi, pra deixar ela em paz.

Deixe uma resposta para gabriella Cancelar resposta

o passado não condena