blog libriano e maduro não se mete em encrenca

*

Ensaboa nega ensaboa… ensaboa, tô ensaboando…
Cinco anos, nem parece, mas é isso mesmo, cinco anos escrevendo aqui. Dava pra compilar um livro, se fosse viável publicar um livro de blurbs.
Marido trabalhando em casa não dá. No início dá aquele contentamento ver ele alí, singelão sorrindo pra você, mas depois a quebra da rotina vai irritando, ele o tempo todo atrás de você, te perguntando coisas inúteis, bagunçando a sala de jantar com papelada, escrevendo o seu nome com maionese, visitando a cozinha de dez em dez minutos, atrapalhando o ritmo normal da casa.
De vez em quando eu gosto de assistir à trailers no site da Apple. Ontem vi um monte, gostei de poucos. Um Woody Allen dramático, outras comédias de final de ano – com temas de família, thanksgiving, natal. Não gosto da Jennifer Aniston e o filme dela, onde ela descobre que a mãe e a avó foram na vida real as Robinsons do filme The Graduate, é apelativo demais. Forgetabouit… Acho que gostei de uns dois ou três filmes. Everything is Illuminated é um deles. Walk the Line é outro, imperdível porque é a história do Johnny Cash vivida na tela pelo interessantíssimo Joaquin Phoenix. Em Prime, Meryl Streep faz uma psicanalista numa história bem chata e banal, mas eu fiquei de olho nos colares dela, um mais lindo e interessante que o outro. As contas grandes estão de volta e eu já estou uns passos à frente, com os meus de Frida Kahlo!

  • Share on:
Previous
oh, the ragman draws circles
Next
ainda de roupão
  • Fer, o Marcos fica comigo até as 15:30 quando ele sai para o trabalho. Até esse horário é um martírio porque é o tempo todo: “Mi, onde vc colocou minhas meias ou o martelo ou vem assistir esse noticiário” … mas depois, UHUUU!!! Ficamos eu e a bicharada toda assistindo TV à vontade, ouvindo minhas músicas, e eu tricotando, blogando, lendo em paz.

  • Fernanda, gosto muito da JenniferAniston.Linda,louramagra e rica, certamente. Qto a minha cremação, desisti.Quero é ser enterrada com um monte de coisas dentro.Notebook, livros,gatas,roupas,botas, sandálias. Nãoquero deixar nada pra ninguem. Já falei isso tanto que se não fizerem ou arranjarem um jeito de fazer, vão ter remorso. Liliane

  • Puxa! Cinco anos? Merece um troféu.
    Fer, achei muito engraçada essa descriçao do marido trabalhando em casa hahahahaha o “singelao sorrindo pra voceê” foi otimo. E nao é que é assim mesmo? Hahahahahahaha
    Beijocas.

  • Oi, Fer! Tô com esse mesmo problema de marido em casa. Pior quando vê que eu tô saindo e fica fazendo encomenda: cigarro, sorvete, coca-cola… Argh! Vi o trailer do Joaquin Phoenix como Johnny Cash no cinema e fiquei doida pra assistir. Também vi a Meryl Streep. É naquele filme em que ela é psicanalista da Uma Thurman e a encoraja a sair com um rapaz mais novo sem saber que se trata do filho dela? Fiquei bem curiosa pra ver também.E sim, também acho a Jennifer Aniston tão ruinzinha que me dá pena, coitada!

Deixe uma resposta para Márcia Cancelar resposta

o passado não condena