se for uma crise, está tudo normal

*

Quando eu olho para este blog diariamente pela manhã, sinto um cansaço e um vazio. O meu primeiro pensamento é – não tenho mais o que escrever, já escrevi sobre tudo, minha vida nem dá um livro, mas como vou escrever sobre ela sem citar pessoas com quem eu convivo, projetos com os quais estou envolvida, reclamações que muitas vezes tenho, opiniões controversas que eu sei que podem causar polêmica?
Por isso tenho quase certeza que estou em crise com este bloguete. Muito ar, muito espaço, muitos olhos, muita liberdade, muita permissividade. Tenho que ter criatividade para superar certos impecilhos que eu mesma me imponho. Não quero que esse espaço vire um reality show. Mas quero que ele persista e preencha as minhas necessidades escrevinhatórias. Se for apenas uma crise, tá limpo! Logo passa.

  • Share on:
Previous
o menu imita a vida
Next
amaryllis
  • Ó… como eu te entendo, Fer!!! Você sabe que eu entendo tudinho do que você escreveu aqui, né?
    Enfim, espero que você encontre uma solução pra isso. E depois me conta. ;^)
    P.S.: Esses números aqui em baixo acabam com os spams???

  • Nossa. Sera’ que tem algum blog que não esteja em crise? O Tonterias, o Montanha, o Cara Palida, agora você também?… eita… entendo perfeitamente o que você diz. Se expor é horrivel – a gente se sente BBB, e é atacada, mal-entendida; nao se expor é… é… é escrever bobeirinhas e disso ja cansamos. Qual a saida?… Se você descobrir me diga. Beijos.

  • Talvez você precise de uma injeção de ânimo, ou seja, para mim você faz parte da minha família. Leio você não diariamente, mas quando estou cansado do trabalho no micro e das mesmices noticiárias do mundo. Muitas coisas temos em comum, até Amarilis (minha sogra) e Marilis (minha esposa). Ontem no Grammy ví o Pinetop Perkins e lembrei que foi no Google, pesquisando sobre ele, que encontrei a Fezoca´s. Por aí vai… Não importa o quanto você quer se expor ou não, se você continuar escrevendo só sobre televisão, cinema, shows, abobrinhas, gatos e ursos, vou continuar te visitando.
    Um abração.

  • Essa crise passa, à quanto anos você tem esse espaço?
    O Chatterbox, é de muito bom gosto, inteligente e interessante.
    E não da pra exigir muito, não é pra qualquer um escrever quase que diariamente, cansa mesmo.
    Mas Fer querida, tenho certeza que você ira sobreviver a essa crise. E nos poderemos ver; esse seu lado critico, bem humorado e outras tantas fotos retalhos da sua vida
    beijos

deixe um comentário

o passado não condena