o dedo mais rápido do oeste foi ferido

*

Que coisa boba, brincar com o gato com a mão por baixo do edredon se fazendo passar por um rato, uma lebre, algo pegável. O gato é rápido, apesar de ser meio tonto e, crau, perfurou o fura bolo daquela mão ululante com sua garra afiadíssima. Justo o meu indicador, aquele que tecla as teclas – o dedo mais rápido do oeste – que vos escreve quase diariamente numa missão solitária aqui neste blog. Tá bom, pra quem não sabe ainda eu confesso – eu cato milho com um dedo só. Só UM, realmente, e ele está ferido. Dói pra burro teclar normalmente e não consigo teclar com o pai de todos, nem com o mata piolho, nem com nenhum outro dedo da mão ou do pé.

  • Share on:
Previous
Next
enquete

Deixe uma resposta para Afonso Cancelar resposta

o passado não condena