yawn…..

*

Estou, devagarzinho, superando o famigerado jet lag. Ontem e hoje consegui dormir até às sete da manhã. Vitória! Acordar às quatro da matina não é nem um pouco divertido, também porque às seis da tarde já se fica querendo deitar. Pra mim, as voltas das viagens são as que mais me dão trabalho. Na ida, porque estou passeando, a adaptação é menos pesada.
Mas peloamordedeus, onde que eu fui amarrar o meu burro, hein? Eu moro longe pra caramba da civilização ocidental!

  • Share on:
Previous
snapshots
Next
tomates provençal
  • Fernanda, não sei o que passa comigo, mas não sinto jet lag. A viagem longa dentro do avião é terrível. Entretanto me adapto muitíssimo bem ao fuso horário, tanto na ida como na volta. Cada organismo é um organismo, né?

Deixe uma resposta para Mina Cancelar resposta

o passado não condena