um post voando

*

Outubro e novembro são meses de muitos aniversários. Minha agenda está cheia de nomes queridos, então de repente vira um ziriguidum. No final de semana me senti correndo a maratona das festas e encontros. Mas não estou reclamando de jeito nenhum!
Hoje quero ir ao almoço anual dos docentes da International House, pois é quando se tira a fotografia do grupo e eu gosto de sair nela. Motivo besta para ir a um encontro, mas eu sou assim mesmo, besta!
Fui à San Francisco de trem. Não fazia isso há anos. Os trens aqui são muito legais, mas uma coisa que eu nunca imaginei que aconteceria, aconteceu: na volta, o trem atrasou uma hora e ficamos – eu e minha amiga – mofando no banquinho de ferro desconfortável da suja e feia estação de Richmond. Senti um dejá vu, quando mofamos numa estação deserta em algum ponto de Bruxelas. Trauma, trauma!
O senegalês Youssou N’Dour cancelou pela segunda vez um show dele aqui no Mondavi Center em protesto contra as politicas daquele indivíduo inominável. Eu iria trabalhar no show e infelizmente não vou mais.
Minhas segundas-feiras são sempre atrapalhadas e corridas. Por isso um post voando….. Inté!

  • Share on:
Previous
let the sun shine
Next
music makes the people come together

Deixe uma resposta para Me Cancelar resposta

o passado não condena