lost & not found

*

Perdi meu humor no mall. Esclareça-se primeiramente que eu faço visitas anuais à malls, porque detesto esse esquema de compras e tenho crises de melancolia nos corredores desses lugares. Fui à um mall aberto, desses que devem ter sido criados para o clima ameno de Los Angeles e foram replicados pelo país afora. Exatamente nesses onde se morre de frio no inverno e se derrete de calor no verão. Fui porque estava animada querendo comprar coisas bonitas, mas desanimei rapidinho quando comecei a ver um mundo de coisas feias, todas em tamanho Small e Super Extra Small. O que está acontecendo neste país de gente comprida e larga, onde o tamanho predominante nas lojas de roupas é o Small? Além da feiúra, da mesmice e da escassez de coisas bacanas no meu tamanho de mulher grande, me irritou incrivelmente a música tocando em volumes quase insuportáveis dentro das lojitas féxions. Perdi a concentração pra olhar qualquer trapo que fosse. Com isso perdi também o meu humor e casquei fora. Só volto no próximo ano, quando já tiver apagado da memória a visita de hoje.

  • Share on:
Previous
o rato e o blog
Next
acabou!
  • Oi Fer,
    fiquei um mês sem vir aqui e no Chucrute. Tirei férias, fiquei sem computador, mas hoje voltei e já visitei os dois, li tudo o que você escreveu neste período. Estava com saudades.
    Sei que já é tarde para isso, mas feliz 2006. Felicidades nos 11 meses que ainda restam de 2006.

  • Oi Fer,
    Depois de um breve recesso nos blogs amigos, cá estou de volta perturbando com meus comentários. Culpa dos estudos que se prolongam pelas férias, e nos fazem sentir como estudantes adolescentes em recuperação. Mas, cá estou, ainda tão distante e quase ausente, mas tô chegando…rs
    Quanto ao tamanho das roupas, tb tenho sempre incontida essa revolta. Alguém até escreveu um manifesto pelas calças 44, que achei justíssimo. Veja aqui: http://fuleiragem.typepad.com/fuleira/2005/02/manifesto_pelas.html#comments
    Bjs

  • Querida, acho que essa mania de diminuir não pode ser pior que no Brasil. Hoje aqui, o manequim 42 equivale ao antigo 38, outro dia ate saiu uma reportagem legal sobre isso na tv. A gente vai nas lojas, se irrita, e ainda fica se sentindo péssima porque não cabe mais dentro das roupas…
    Burrice, não? Quem tem grana e compra são as mulheres maiores, essa é a minha teoria.
    Beijo

  • Queridona, não se preocupe. Você não está sozinha. Eu invariavelmente fico abatido com alguma coisa aparentemente idiota e caso fora, P da vida.
    Birra, sabe?

  • Putz, por aí está assim também? Eu mesma já desisti, mas tudo indica que a filhota também vai ser da turma das graúdas (não só alta como grande). Meus planos eram juntar uma graninha e levar a moçoila pra abastecer o guarda-roupa por aí pelo menos uma vez por ano, porque aqui tá difícil. Danou-se…

Deixe uma resposta para BethS Cancelar resposta

o passado não condena