sofre, glamourete, sofre

*

A blusinha é linda, mas não ficou tão linda em você, além do que ficou um pouco apertada. Isso importou? Claro que não, pois você comprou a blusa assim mesmo. Como poderíamos explicar esse seu comportamento?
Marque uma ou mais opções:
[ ] Consumismo cego
[ ] Falta de noção
[ ] Teimosia
[ ] Gene recessivo dominante
[ ] Prazer histérico em jogar dinheiro no lixo
[ ] auto-imagem ilusória
[ ] macumba
[ ] demência galopante

  • Share on:
Previous
não custa nada perguntar
Next
ilusão coletiva
  • Com certeza prazer histérico em jogar $ no lixo. Assim como compro sapatos que nunca uso, brincos demais, esmaltes iguais, sabonetes naturais às pencas, verduras em excesso ( e todas estragam na geladeira)…
    E a alegria que dá de adquirir uma coisa nova? É inexplicável!

  • hahaha, adorei.
    Isso que é criatividade e aramdilha hahaha;-)
    Voce colocou alternativas muito severas;-)
    Eu acho que é prazer-prazer mesmo . Pode ser,não pode? eu já passei por isso tantas vezes que nem lhe conto. Acho que poderia definir com uma palavra: otimismo. Três: Crença no futuro hohoho.
    ****
    Eba! Hoje já são 8 de fevereiro e nada de post Lerê, lerê…conhece esta, claro, não é?
    ***
    Amo esse seu blog, querida,um dos meus preferidos ever!

  • Ah, Fer, não esquece que essas blusinhas costumam ceder depois de usar a primeira vez!
    outra opção: me engana, que eu gosto!
    hahaha
    Beijo
    (resenhei no direction home lá no blog)

  • Todas as alternativas, menos a da macumba (a mania que a gente tem de jogar a culpa em alguma coisa externa incontrolável), hahahaha. Faltou a alternativa: “ataque de mulherzice”. Já viu homem jogar dinheiro fora assim, Fer? Eu não. Só a gente consegue. Depois de comprar um monte de bagulhos com a intenção “faço um pequeno ajuste que fica bom”, estabeleci esta regra: só compro o que cair perfeitamente em mim. Como isso só acontece uma vez em cada mil, acabo fazendo uma baita economia. Meu guarda-roupas anda monástico, um sonho, eu adoro.

  • Ah! Fer, vai ver que foi porque gostou mesmo dela.
    Já fiz dessas. Sei que está correndo muito ultimamente, mas ainda bem que ainda nos deixa esses trechinhos gostosos de ler.
    Ótima semana e bom trabalho.
    Preciso te escrever uma ‘cartona’. Beijos,

  • Ahahahahahahahahahahahahahaha…..Ai, Fer, quem nunca fez isso??? Gene recessivo dominante…ahahahahahaha…demais….eu não sei…
    Sobre sua vizinha ninfo…ahaha..eu tb tive uma, que fazia horrores de madrugada e me deixava morrendo de inveja…mas durou alguns meses e ela virou a sensação do prédio, calcule uma coisa dessas…pfff…

Deixe uma resposta para B. Cancelar resposta

o passado não condena