the one with the funny eyes

*

“É você a pessoa que está ansiosa para ir para casa?”
“Sim, sou eu mesma!”
Sábado de agito total na cidade, com o Picnic Day na UC Davis, um montão de coisas pra fazer, muitos planos e de repente tivemos que fazer uma visita ao hospital. Estava escrevendo quando minha visão embaçou, ou melhor, quebrou, e não voltava mais ao normal. O Uriel tinha três olhos, o gato tinha quatro rabos, as letras estavam quebradas e eu em pânico.
Como chegamos cedo no hospital, ainda não estava aquela muvuca. Mas nos deixaram esperando um tempão, porque decidiram ligar pra um especialista, já que não acharam nada de errado nos meus olhos, nem no resto. Não era o prenúncio de um derrame, ou de qualquer outra coisa cabeluda.
Fui ficando irritada e agitada, querendo ir embora, especialmente porque me colocaram para esperar a resposta o médico logo atrás de uma mulher que tinha se queimado com água fervendo. Owch! Fui irritantemente rude com uma enfermeira, até que aquele funcionário afetado e rebolante, já meu conhecido deste outro freak episódio, veio perguntar se era eu a figura ansiosa pra ir embora. Eu sempre dou bafões em hospitais, mas me digam, sinceramente, quem é que não quer ir embora de um ER?
No final concluiram vagamente que eu devo ter tido uma variante de enxaqueca, chamada enxaqueca ótica. Era só o que me faltava. Em todo caso, vou ver um oculista nesta semana.

  • Share on:
Previous
pausa para apontar o lápis
Next
até que demorou muito…
  • Ulha! Agora que vc falou que eu me toquei: quando estou para ficar com enxaqueca, fico sem foco! não consigo enxergar direito a tela do computador, por exemplo! será a mesma coisa?
    smooch!

  • Fer querida..
    que coisa mais bizarra… eu, que já sou tonta por natureza, fico imaginando se isso acontecesse comigo..
    Cuide-se tá?
    beijocas

  • Olá, estava na marina w e passei aqui. Só quero contar que esse negócio na visão acontece comigo também, um neurologista diz que faz parte da “aura enxaquecosa”, que é o prenúncio da enxaqueca. Então, quando começa é bom tomar logo um remédio porque vai piorar muito… Fico com tripla visão e braço dormente. Repare. E melhoras.

  • Não sabia do previous accident, e realmente espero que você esteja melhor, e fique mais melhor de melhor ainda, sem enxaquecas visuais ou cerebrais. 😉
    Saudades, mulher! Muitos beijos e energias positivas. 😀

  • Fer, espero que você esteje legal!!!!!!!!!!depois quero lhe ver de oculos.
    beijos.
    sou também de dar bafão, deu um no hospital em Tel Aviv!!

  • Fer, acho que você é das minhas – eu sou daquele tipo inesquecível, que se vai a algum lugar e tem que dar bafão, ninguém nunca mais me esquece!
    Mas, falando sério, enxaqueca ótica, eu nuna tinha ouvido falar, vai ver direitinho o que é para não ter mais preocupações. Boa sorte!
    Brigadinha pela visita lá no meu blog e quanto à sua pergunta, a casa que compramos fica no Jardim Leonor, que faz divisa com a Vila Marieta. Você conhece? Fica perto do restaurante Macarronada Italiana, que é bem famoso. Sabe onde é?
    Beijinhos.

  • que coisa, hein?!
    como diz um conhecido: “morro e não vejo tudo”, ainda mais essa multiplicação de olhos e rabos.
    tempos atrás fiquei surdo de repente, durou umas duas horas e a audição voltou quase ao mesmo tempo em que meu nome foi chamado pela enfermeira, límpida e clara.
    devem ter achado que fui lá só para fazer valer o estipêndio do convênio, já que não encontraram nem diagnosticaram nada.
    pô, não deu tempo de compor nem um compasso de minha nona sinfonia.
    oxalá esteja tudo bem com você.
    Beijão

  • Oi Fer, tudo bem?
    Espero que já esteja melhor.
    Que susto, hein? ER é uma coisa medonha. Minha mãe conta que com 5 anos, mesmo chorando eu gritava que ia processar os médicos e enfermeiros, porque tinha medo de injeção.
    Tenha uma ótima semana e fique bem. Beijos,

  • Hahaha, oh, desculpe lá, mas quando li o título, eu me lembrei imediatamente do dedão cortado.
    Hahaha
    Only you!
    Eu adoro essas coisas porque rendem um ótimo post (hohoho) e no final, espero, não é nada sério.
    Agra de problema de vista eu entendo, infelizmente, hein, viu?
    Vá logo se cuidando.
    E a Isabel é que era;-)
    Beijos, lindoca

deixe um comentário

o passado não condena