Minhas dez camisas brancas

*

Depois de ler o post sequencial da Flá, Patty e Ângela, fiquei com a sensação de que sou uma péssima compradora de roupas. Tenho peças básicas e clássicas, alright, mas meu closet pode ser descrito como um resumo de um baile de carnaval, cheio de roupas repetidas, da mesma cor, do mesmo modelo, ou um monte de peças totalmente desconectadas e que não combinam com nada. Taí a resposta pra minha frustração crônica e aquela sensação de que estou sempre mal vestida me assombrando – especialmente durante aquele certo período da tarde, quando você tem certeza que a validade da elegância já expirou.
Quando passo as roupas do verão ou inverno para outros armários sempre faço uma avaliação geral do que fica no closet. Da última vez contei vinte calças jeans e dez camisas brancas. Tá certo que as camisas brancas eu uso quando trabalho no teatro, mas peloamordedeus, quem precisa de vinte calças jeans? Pelo menos tomei uma decisão quanto às camisas, e as estou usando com as mangas enroladas, com qualquer tipo de calça ou saia. Camisa branca não tem erro, é sempre chique – claro que só até chegar aquele período da tarde, quando a validade da elegância fatalmente expira.

  • Share on:
Previous
grandes fatos históricos
Next
Não vira, se revira
  • Também sou viciada em camisas brancas e também me dou conta desse “prazo de validade”…
    Eu quero participar do “What not to wear!”
    Legal o seu blog. Como você chegou ao meu? 😉

  • Fer,
    Faz o seguinte: me manda uma camisa branca de presente ;), porque, por mais que eu tente, não consigo comprar uma camisa branca decente, com bom corte e sem papagaiadas de rendas, bordados e babados. Se eu não fosse tão mignon, já tinha apelando para lojas masculinas!

  • Fer, eu não sou nenhum modelo de elegância nãoe como minha cor preferida é laranja, quando abro meu armário, fica evidente que tenho problemas. Por sorte, é uma cor que fica bem com jeans, caqui e preto. Mas como já disse antes, jeans apesar de ser universal, pra mim não fica bom não e agora com a gravidez é que eu estou vendo o que é cair na mesmice!

  • Eu sou igual a Mina. Fases de roupas. Uma meia dúzia de blusas que se alternam. E o medo de repetir a mesma roupa por 3 semanas seguidas nas reuniões semanais de quinta, e as pessoas pensarem que eu não tenho outro figurino. Aiai.

  • E eu então que tenho um quilo e meio de roupa – cada 500 gramas, digamos assim, pra uma fase da minha silhueta… – e só uso, por temporada, umas 4, 5 peças. O pior é que quando ponho pra lavar é com o coração na mão tratando de fazer rapidinho pra “ter o que vestir no dia seguinte”! Ô, lezeira! Ah, sim… o mesmo se dá com os sapatos. Pra que tantos pares se só uso tênis e havaianas?

Deixe uma resposta para Flá Cancelar resposta

o passado não condena