o trem das oito e meia já passou

*

Eu só quero falar de filmes e comida. Outro dia encontrei um cara, um professor, e no meio da conversa puxei um exemplo de filme – sabe como, igual acontece naquele filme? Ele fez uma cara de ué. Claro que não sabia. Eu assumo que todo mundo viu os filmes que eu vi, portanto posso incluí-los nos exemplos pra conversas. Vai, minha filha, vai ser Seymour na vida…
Fico cansada do final de semana. Sábado à noite, sete horas pra ser exata, eu queria cama. Tenho saudades nas nossas pequenas viagens de carro.
Se eu não escrever mais frequentemente, este ano vai ser o mais escasso de todos os que este blog já registrou.
Vou te falar, adote um gato ou um cachorro dos abrigos, das associações protetoras, esses que foram abandonados, que sofreram, passaram fome, precisam de um lar. Não compre um animal que nasceu pra ser vendido.
Fui comprar uns ingredientes na lojinha internacional e uma senhorazinha que parecia saída de um livro – ou de um filme – puxou assunto comigo. Ela queria saber o que eu iria fazer com o xarope de romã e perguntou se eu frequentava a International House e se eu conhecia a fulana e a beltrana, e eu respondi que sim, claro que conhecia. Ficamos conversando, eu toda de preto e curvada, ela bem pequena e vestida de azul pastel, sorrindo. Saí da loja tão feliz, como se tivesse reencontrado uma velha conhecida.
Eu adoro caminhar em downtown no sábado pela manhã, entrar nas lojas, olhar, sair. Depois ir ao Farmers Market, comprar tudo o que eu gosto, voltar carregada com sacolas de frutas, flores, um sacão de pipoca e chupando um picolé de limão com abacate.

  • Share on:
Previous
cause the whole world loves it
Next
flores e frutas do mercado
  • Fer,
    deu uma vontade de experimentar esse picolé de limão com abacate. Huuuum, nunca vi desses por aqui não!
    Na minha última semana de férias (julho) em Pirenópolis, conheci uma senhora de 73 anos, maranhense que mora em Brasília desde um pouco antes da fundação da Capital. Conversar com ela foi das coisas mais interessantes que aconteceram nas minhas viagens.
    Também tenho mania de citar trechos de filmes para exemplicar minhas idéias, rsrsrs. Cinéfilo é complicado, né? 😉
    Beijo.

  • oi fer…bom dia! então, me deu uma “invejazinha branca” de vc…pq fiquei aqui lendo e imaginando estas lojinhas e sentindo o cheiro das frutas e das flores…até q vc encontrou esta senhorazinha q na minha cabeça parece a jessica tandy…nossa q dia gostoso vc teve hei fer?! beijo. boa segunda!!! ^^

Deixe uma resposta para Demas Cancelar resposta

o passado não condena