dia de desfazer

*

elisespomegranate.JPG
É dia de Reis e este ano eu não tenho nenhuma romã para fazer a simpatia de muito dinheiro no bolso, que é a única que eu faço. Também guardo os enfeites de Natal, desfaço a árvore, caso ela tenha sido feita. É um ritual de fechar um ciclo, encerrar um período, que sinceramente é sempre um alivio.
Adoro sábados pela manhã, sentar em algum lugar confortável na casa com o laptop no colo, lendo, lendo. Me resta as leituras virtuas, pois as reais ainda estão de férias por tempo indeterminado. Eu não suporto usar óculos.
Estou lutando contra uma gripe, que me derrubou na quarta-feira. Pedi arrego e fui embora do trabaho mais cedo. Fico doente uma vez por ano, e preciso de duas semanas pra me recuperar. Meus dentes doem.
As visitas se foram e é sempre melancólico dizer tchau. Mas eu posso afirmar que todos aproveitaram, nós, eles, até os gatos. De volta à vida normal, sem visitas, sem enfeites de Natal, e se tudo correr bem, em breve, sem gripe.

  • Share on:
Previous
first class trip
Next
over my dead body
  • Sim, sim, sem gripe em breve!!! Ai Fer, também adoro essas manhãs ou tardes de sábado. Faço sempre isso. Por enquanto, as leituras reais estão de ‘férias’. Até eu comprar o livro que estou querendo muito. Um beijão e melhoras!!!!! 😛

  • Fe, nunca entendi isso. O ‘natal’ não tem que ser desfeito amanhã, dia 7? Hoje é dia de Reis, dia de festa. Não sei, na minha casa sempre desfazemos dia 7.
    Nossa, também peguei uma amigdalite, gripe, sei lá eu. Até ontem estava arriada. ainda estou mais ou menos. Melhoras!
    beijocas

Deixe uma resposta para anna v. Cancelar resposta

o passado não condena