sally can’t dance no more

*

Tô sabendo que não se deve dar ouvido às matildes, que um cachecol de lã é peça útil no inverno, que em boca fechada não entra mosca, que seguro morreu de velho, que nós tomamos decisões que afetam inexorávelmente o nosso destino, que amizades nascem e morrem todos os dias, que nada é impossível ou imutável, que o café deve ser forte, que devemos sempre dizer obrigado, mas que não precisamos, nem devemos engolir sapos. Tô sabendo que este ano será um casulo verde, que vou me retirar do cenário, talvez não chova na minha horta, mas isso não quer dizer que não vou ver tudo flores. Tô sabendo que certas roupas pinicam e incomodam, que é normal se irritar, que é saudável chutar latas e depois comer chocolate, que chorar é bom, mas que ninguém precisa ficar sabendo.

  • Share on:
Previous
continuo ouvindo a sua risada
Next
whatever happened to…

Deixe uma resposta para Yara Cancelar resposta

o passado não condena