Não tem nada errado

*

Faz um lindo lindo de primavera, e estou com aquela sensação de que já é sexta-feira, porque amanhã não terei labuta. Em compensação terei uma visita bem chata ao dentista. Tudo bem, a viagem de primeira classe já foi providenciada!
Ontem liguei na Disneylândia para resolver um negocinho pra minha irmã. Passei a tarde inteira rindo de boba que sou — eu liguei na Disneylândia, liguei na Disneylândia, imagina só, não é bizarro, eu falei com alguém na Disneylândia, será que foi com a Minnie?
Quando a situação se revela absurdamente surreal, cheia de detalhes de pouco caso dissimulado, e onde a personagem principal exala sonsice por todos os poros, a melhor solução é se fingir de morta e deixar pensarem que você é tão sonsa qual. A sonsa número dois, pois sim, já que o trono já tem dono.

  • Share on:
Previous
most of the time I’m halfway content
Next
27ºC
  • ai fer q na mesma hora eu imaginei o mickey atendendo o telefone! hello! disneyland !!! mickey speaking may i help you??? isso com aquela voz… do mickey!!! aos 44 nunca fui à Disney …e, acredito q, quando este dia chegar…vou literalmente virar criança e correr atrás do donald q é o meu amor maior!!! beijo!!!! 😉

  • Quem diria, né ? Um dia você me falou que não ligava para a Disneyland, pro Mickey e coisas assim… Aquilo tudo é puramente comercial, porém é pagar para ser feliz, voltar à infância e esquecer por um dia o mundo do Lula, Busch, Iraque, etc. E isso Fer, ponha as orelhas e curta, principalmente quando há crianças em volta. Beijão.

Deixe uma resposta para Almir Moraes Cancelar resposta

o passado não condena