oh-dah-lih-dah

*

Acontece, as pessoas perdem o encanto, viram sapo. Sem falar nas panelinhas, que são um porre. Depois de meses atolada, estou me sentindo um pouco mais folgada. Mas o sensato é tentar não se espalhar muito. Bebi tantas xícaras de chá, que quase me espatifei como um balão de água. Pra baixo todo santo ajuda. Estou prevendo na minha bola metereológica de cristal que o inverno que vem vindo será menos rigoroso. O que realmente não faz diferença, pois o frio interior é sempre o mesmo.

  • Share on:
Previous
alegria, alegria
Next
voem horas, voem!
  • Fer, não sei a que vc se refere, mas vc não sente uma coisa estranha qdo as pessoas viram sapo pra nós? Sei lá..eu sinto um certo vazio qdo percebo q não há mais encanto, q ele se esvai em algum momento…acho q deveria ser pra sempre!
    eta, menina romântica! 🙂
    Beijão!

Deixe uma resposta para Bia Cancelar resposta

o passado não condena