forte, impetuoso e contínuo

*

Um vento polar está fazendo a cidade rodopiar desde ontem. Dias de vento causam perturbação e desordem. No caso da minha natural confusionice, o vento é desnecessário, pois dou conta de tudo sozinha. Mas se ele sopra vindo do Ártico, tudo piora. Até os meus pensamentos estão descabelados, quem dirá então a verdadeira cabeleira que está com um efeito eletrificado. Os dedos tremem. Os olhos choram. E o barulhinho não é tão bom.

  • Share on:
Previous
10:45 am
Next
bzzz
  • hmmm… não sou muito chegada em calor, sol, verão, praia e afins. mas depois desse calor sem noção que faz neste verão aqui na serra, há dois dias estamos assim: chove, pancada, neblina, pára, venta, abre sol e assim sucessivamente. chuva de inverno no verão é uó!

  • Olá Fer,
    Eu sou como a Inês, adoro o frio, o vento e a chuva (o calor faz-me sentir mal – tonturas, enxaquecas, etc…), gosto de ver os relâmpagos e a trovoada, enfim não sou muito normal.
    A sua descrição do tempo daí está tão perfeita que até senti um arrepio na espinha! Conseguiu com que viajasse até Davis.
    bjs, espero que o tempo melhor!

  • Sempre tive medo de ventanias fortes..nesta semana, houve uma forte aqui (diferente, tempestade de verão), q nos deixou sem energia elétrica até meia-noite, no maior calor!
    Bjks!

  • Oi Fer…
    Eu já sou diferente: Adoro ventos…e adoro tempestades. Quando morava em Santos, párava na praia pra ver a chuva chegando do mar.
    Agora na Suécia, eu tbm curto esse vento que vem do Artico. Esse ano a coisa tá muito, mas muito quente por aqui. Nevou duas vezes! e temperatura a baixo de zero, acho que nem isso! É no minimo preocupante…
    bjus!
    Ines

Deixe uma resposta para Bia Cancelar resposta

o passado não condena