o meu voto

*

Ontem foi dia de eleição aqui no condado de Yolo, onde fica Davis. Eu saí do trabalho e fui votar. Ajudei a eleger três vereadores, juiz e um outro cargo que não sei como traduzir, além de duas propostas de lei que estavam na lista. É muito fácil votar aqui, você chega, dá seu nome, assina, pega o seu papelete—o meu é para democrata, vota, pega um selinho dizendo eu votei! e tchau. Como o voto aqui é facultativo, quem vota realmente faz uma diferença. Um dos fiscais do local de votação me disse obrigado por votar, porque essa é uma atividade cívica que se faz porque se quer fazer. Eu me sinto muito feliz por poder participar do processo político na cidade, no estado e no pais onde vivo.
Ontem eu mudei de canal na tevê para poder ouvir o discurso do candidato democrata à Presidência dos EUA, Barack Obama. Eu não sou uma pessoa envolvida com política, mas o meu voto já era dele mesmo antes de eu poder votar neste país. Estou realmente entusiasmada com as eleições de novembro. Poder participar desse processo todo é incrível. Porque meu voto vai ajudar a eleger o próximo presidente desta nação, que é onde está o meu futuro e eu desejo que ele seja o melhor!

  • Share on:
Previous
também aqui
Next
sou eu

Deixe uma resposta para M Cancelar resposta

o passado não condena