40ºC / 105ºF

*

Estou trancada em casa, com as janelas e persianas fechadas, a/c central ligado porque o calorão começou. Já não me importo mais com isso, porque há coisas muito piores neste mundo. O calor poderia ser úmido e chamar insetos. O que não acontece. Nos orgulhamos e nos gabamos de ser apenas um monte de uvas passas cantarolantes e felizes.
Finalmente, depois de dois anos planejando e repensando estou conseguindo por em prática uma reformazinha que queria fazer no quintal. Tudo pra mim é assim, um custo. Mas justo hoje, nesse calorão dos infernios, o moço tá lá fora assentando tijolinhos. Fui dizer pra ele peloamorededeus beber bastante água. Mas não posso abrigar ninguém a não trabalhar.
Nos primórdios deste blog eu escrevia sobre uma gata, que virou gato numa história notável e mirabolante. Tantos anos se passaram, nem eu me dei conta de quantos e hoje já tenho que enfrentar o mais difícil, que é observar o envelhecimento desse animal.
Deu pra perceber que eu só vim aqui pra encher linguiça? Pois assunto não há. Tudo ficou tão absurdamente particular. Mas eu hei de recobrar, ou redescobrir, uma maneira legal de continuar registrando dias, semanas, meses e anos, sem comprometer ou exaltar a malta.

  • Share on:
Previous
ZzzZzzzZzzzzz
Next
comendo flor
  • Tenho sido leitora assídua e já li vários posts anteriores ao meu primeiro dia aqui. E sempre gosto muito, nem que tenha só imagens, mas gosto demais de tudo por aqui. Pra mim é aprendizado. Sempre!
    Beijos de uma desconhecida.

  • claro que, apesar de envolver umas passagens nem tão legais, a história do Misty Gray foi uma das mais legais e comoventes que eu já conheci. fiquei fã, de ti, do Misty, e agora, também do Roux! bjus mil prá todos, great sunday for you all!

Deixe uma resposta para Letícia Simonetti Cancelar resposta

o passado não condena