one cheap dame

*

pessoa de quem não gosto—o que você trouxe pro almoço?
eu—comida.
pdqng—risadinhas.
eu—torta de tomate e salada de batata.
pdqng—hmm! risadinhas.
eu—e você? [perguntei sem querer saber]
pdqng—nada excitante. Smart Ones.

E apontou pra uma caixa de comida barata e congelada, é claro. Sempre a mesma história. Zzzz.

Não suporto essa fulana que trabalha no meu prédio e que tá sempre se gabando de ser uma consumista de barganha, esperta e sem consciência. Tudo dela é vagabundo e barato e ela acha isso o máximo. De comida a vestimenta e estilo de vida. Fico de queixo caído e às vezes falo alguma coisa. Ela faz pouco do meu estilo de vida, que pra ela deve ser o de um ET. Outro dia veio de gabar de umas sandálias que comprou na Target por $6 cada. Só de olhar ja vi bolhas, calos, chulés e escravos chineses. Não guentei e falei meus clichês hipongas e ela—se eu não comprar outras pessoas vão comprar!

Mas é justamente O CONTRÁRIO miga! Se cada um tivesse um pouquinho mais de consciência. Mas entendo que pra certas cabeças é pedir demais.

  • Share on:
Previous
[ g l a s s ]
Next
oh-oh
  • Pdqng são encontradas em todo o lugar. Quando surge uma criatura dessa espécie no meu caminho, tento encarar como um karma que tenho que pagar nesta vida…kkkk!!!!..Melhor ser feliz do que ter a razão!…

    R: hahaha, verdade!

Deixe uma resposta para Celina Cancelar resposta

o passado não condena