pança cheia

*

Uma amiga mencionou um prato típico do norte ou nordeste chamado baião de dois e eu fiquei com as bichas. Então hoje resolvi fazer o tal prato, mas num esquema muito do improvisado. Procurei a receita no cybercook e ia tanto ingrediente regional – manteiga de garrafa, feijão não sei das quantas, farinha de não sei o que. Pensei, vixe maria, acho que vou ficar só na vontade. Mas a capacidade de improvisação do ser humano é uma coisa impressionante. Fiz o tal baião com um bacon americano que eu descongelei no microondas, um feijão italiano e um arroz basmati indiano que eram sobras de outro dia, adicionei pimentão e tomate, salpiquei com queijo ralado e servi acompanhado de um refogado de quiabo. Nem sei se combina, nem se esse baião fajuto pode ser chamado de baião. Mas que ficou muito bom e eu enchi a pança é a mais pura verdade!

  • Share on:
Previous
não é Fantástico!
Next
figo galore
  • Aqui em Sumpaulo tem um baião no Mercadão que uia, é di-vi-no! E só pra sacanear as lombrigas: tem também um tal de escondidinho: carne seca desfiada e temperadinha, que vem numa tigela, coberta por purê de mandioca, queijo e estrelinhas de carambola. É pra comer de joelhos. Nham!

  • Quando estive em Fortaleza, perguntei a um graçon o que era o tal de baião de dois. O cara respondeu que era feito com feijão e arroz. Putz, falei, não venho lá do sul pra comer feijão com arroz. Ele ficou me olhando com uma cara, que acabei pedindo, só pra não magoá-lo mais. Descobri que é imperdível. Já vi muita receita fajuta na internet, mas como aquele… bjs

deixe um comentário

o passado não condena