Look out kid!

*

Ensolarado!
Hi56°F, 13°C /Lo34°F, 1°C

“Get sick, get well
Hang around a ink well
Ring bell, hard to tell
If anything is goin’ to sell
Try hard, get barred
Get back, write braille
Get jailed, jump bail
Join the army, if you fail
Look out kid
You’re gonna get hit
But users, cheaters
Six-time losers
Hang around the theaters
Girl by the whirlpool
Lookin’ for a new fool
Don’t follow leaders
Watch the parkin’ meters
Ah get born, keep warm
Short pants, romance, learn to dance
Get dressed, get blessed
Try to be a success
Please her, please him, buy gifts
Don’t steal, don’t lift
Twenty years of schoolin’
And they put you on the day shift
Look out kid
They keep it all hid
Better jump down a manhole
Light yourself a candle
Don’t wear sandals
Try to avoid the scandals
Don’t wanna be a bum
You better chew gum
The pump don’t work
‘Cause the vandals took the handles”
SHB – Dylan

  • Share on:

happy anniversary!

*

Fog, then hazy sun
Hi 58° F, 14° C /Lo 34° F, 1° C
Hoje é nosso aniversário: Ursão e Fezoca! Nem vou dizer quantos anos nós estamos juntos pra não assustar a negada leitora assídua dessa blog-pop! 🙂
Uma pessoa conversando comigo perguntou quantos anos tinha o meu filho [como o meu médico, que descaradamente olhou o meu chart pra conferir a minha idade quando eu falei a idade do Gabriel e depois ficou repetindo ‘you’re doing very WELL!’ – HAHAHA!] e quando eu disse que ele tinha quase 19 anos, ela perguntou ‘e o seu marido é o pai do seu filho?’, porque parece que a praxe agora é a família de pais descasados/recasados. Bem, eu sou do tipo antiquado…. 🙂 Sei lá, nosso casamento deu certo, uai, que é que eu vou fazer?? Sou super fora de moda, né? Casada assim por tantos anos! 🙂 Em Saska, numa boate gay, nossa amiga nos apresentou pros amigos dela como o ‘casal casado’ e todo mundo ficou ‘ohhh! Casados? Por tantos anos? Como pode??’. Agora os esquisitos somos nós, os convencionais, banais, comuns… Casados!!
Well, happy anniversary, lindoco!! 🙂
Ontem fomos ver Cast Away [finalmente!! Hurra!!] e gostamos muito! O filme é muito bem feitinho, o Zemeckis caprichou, pra se redimir daquela bomba irritante que foi What Lies Beneath… Os efeitos muito lindos [uma cena com uma baleia em alto-mar, quando o Hanks decide arriscar sair da ilha depois de 4 anos] e o final foi corretíssimo, sem pieguices, sem exageros, sem invenção de modas! Gostei mesmo e vimos todos os detalhes que tínhamos lido ou ouvido [o ganho e perda de peso do Hanks, a ilha deserta no Fuji, os efeitos do mar, etc]. Foram quase 3 horas de pura diversão. Right on!
E hoje acordei com uma música do Jorge Mautner tocando na minha cabeça. Coloquei pra rolar o CD Bomba de Estrelas, que a Juliana me deu no meu aniversário. Esse CD tem um significado pra mim, pois era ele [na época era uma bolacha de vinil] que eu ouvia quando conheci o Ursão! 🙂 Eu ouvia o dia inteiro.. e ele também! Eu procurei esse CD pra comprar como louca, porque a bolacha [que eu quase destruí] era da minha irmã. Mas não sei por que, eles tiraram esse CD do catálogo. Não estão prensando mais o Bomba de Estrelas… Pode uma coisa dessas? Mas a Ju e o Akira tinham uma cópia e me presentearam! Foi um presentãoo!!
“Somente quem tem o caos dentro de si poderá dar luz à grande estrela bailarina….” (Totalmente Mautner!)
Láralaralá! 🙂

  • Share on:

new year

*

Céu azul/Hi 56° F, 13° C/Lo 34° F, 1° C.
Um ano inteiro, novinho, limpinho, branquinho, pra gente escrever nele!! Espero que todos tenham tido uma ótima ‘entrada’! Não esqueceram de tomar a sopa de lentilhas, hein? 😉
Nós tivemos um jantar antecipado e depois assistimos fitas de vídeos familiares (da família!). Vimos o Gabriel com 13 anos em Saskatoon, jogando softball, tocando saxofone e fazendo aquelas palhaçadinhas de pré-adolescente! A Marianne gargalhava alto! Ele era mesmo uma gracinha! O maior posudo…. Mas sempre um sweetheart!
Foi interessante rever Saska e a minha casa canadense, que era toda arrumadinha e organizadinha! Eu tinha uns móveis super bonitos e montes de livros (que depois da frustração de ter que deixá-los pra trás duas vezes, eu abandonei a compração obcecada!). E os quadros da Annemarie nas paredes. Ela é uma artista interessante. Queria poder ver as outras fitas, que não sei onde estão… As do inverno, do Natal com a Le…..
Dormimos tarde e acordamos relativamente cedo. 😉 Hoje Cast Away desencalha! Vou ter que fazer uma maratona no cinema nesta semana, pois tô atrasadona com minha lista de filmes! Tive a maior sorte ontem, pois fui olhar no site deles na internet a calça que eu tava namorando lá na GAP e – surprise! – o preço tinha baixado! Eu SEMPRE espero os preços baixarem, porque eles sempre caem e eu já tenho até a prática de saber o que vai liquidar. Quando eu vi aquelas calças, eu pensei ‘essas VÃO ficar baratotais!’ e não deu outra! 🙂 Daí eu fui correndo lá, porque eu tinha um certificado de alguns pares de dólares e comprei a calça (cor ‘camel’) e a bolsa marrom que eu tava de olhão! Lucrei duplamente e fiquei felizona! Eu sou uma consumista patológica mesmo!!! 🙂
Novo século, velhas manias! 🙂
Inté, everybody!! 🙂 🙂

  • Share on:

Já é 2001 em alguns países..

*

Sol e frio!
Já é 2001 em alguns países. Aqui na Califórnia, nós somos os ‘quase’ últimos a estrear no ano novo. Eu lembro no ano passado que acordei e já tinha celebração em um monte de lugares. Foi assim o dia inteiro (pela tv – a ‘janela’). Quando ligamos pro Brasil às 6pm (meia-noite lá) eu já não tava agüentando mais. Queria que o nosso ano novo chegasse logo… 😉 Coisas de fuso horário. Quem mandou morar deste lado do mundo?? 🙂
Bom, vou dar os últimos retoques aqui… Ontem combinamos com o Gabe e a Mari que a ceia seria às 8pm (oh, well…). Ela nos trouxe presentes da Reindun: umas blusas de lã feitas à mão com temas típicos da Noruega (neve e bordados estilizados). Bem interessante (e folclórico).
Como sou imitona mesmo (já admiti!) vou fazer minha lista pública de resoluções para o ano novo! Então lá vai:
– Deixar Júpiter ‘take over’ (desminimalizar)
– Ficar mais ‘esperta’
– Largar mão de ser jeca
– Comprar mais variedade de sabonetes cheirosos
– Largar mão de ser trouxa
– Beber mais água (pura, sem gás)
– Comprar copos para margaritas
– Postar mais cartas (the real thing)
– Reformar a tal da Casa
– Largar mão de ser medrona
– Cantar e dançar MAIS (nem que seja só no chuveiro!)
– Decidir cortar esse cabelo de uma vez….
No SacBee já ri com as comics do Grand Avenue – a avó moderninha e atlética com os netinhos (ele um dork, ela uma geek). E boas risadas para a entrada do ano com o Mother Goose & Grimm.

  • Share on:

Que dia legal!

*

Solão!
Que dia legal! 🙂 Acordei com um telefonema da Le. Junto chegou a carteira com duas caixas: uma da Le (bem na hora, né?!) e outro do Carlos! Fita de vídeo, sabonetes (natura e phebo liquido, que novidade..!!), fotos e alguns CDS. Milton, Gil, Pato Fu (para o Gabriel, que é totalmente purfa de mpb) e um modernex chamado Otto (que parece ser da turma do Lenine. Gostei muitíssimo!!). A Le teve que desligar que o Fausto queria mamar! 🙂 Vida de mãe é assim… 🙂
Depois abri meu mailbox (que anda vazio, depois que saí das listas) e tinha mensagem do Moa, direto da casa da Bia! 🙂 Eita, como é bom receber mensagem do Moa!! Tô com saudades dele….
Vamos pra Sacramento. A infecção não era strepo… ufa! Hoje temos que resolver os imbróglios da ceia, já que o Gabriel e a Marianne confirmaram presença. Mas eles querer comer às 8pm……. É… vida de mãe é assim mesmo…. 🙂

  • Share on:

quase final

*

Hei, OLHA só…..
Estamos de quarentena…. ao menos o Ursolino está. Até amanha, quando saberemos se a coisa dando febre é strepo (STREPO??!!) ou não. Com tanta tossida e ronco na minha cara nessas duas últimas noites, estou surpresa que estou de pé! Minha saúde está melhor do que eu pensava. Flu? Strepo? Febre? 🙂
Eu sou uma imitona mesmo….. Vi todo mundo colocando o BlogVoices nas weblogs e já fui correndo colocar também. Só que o maledeto está dando crepe (putsz!!) e eu tirei a opção dos comentários. Não que vá fazer muita falta, pois ninguém comenta nada mesmo, né? Mas quando o treco voltar a funcionar direito eu recoloco… Bah………….
E o cinema mirxou….. o Ursão tá com 40C de febre e vamos ao médico…… eita nóis! Garganta inflamada….. Tadico!
Deu no New York Times: Invasion of the ‘Blog’: A Parallel Web of Personal Journals. Pra quem quer saber mais sobre as weblogs, com um monte de links!
A cortina está fechada…. Mas acho que está ensolarado….
Pô, maior soneira… dor de cabeça… que maus! Eu e o Ursão pegamos um vírus qualquer. Acho que pegamos da Iri e do Paulo, que ficaram doentes lá em New York. Até a Misty Gray está virótica. Ela está torrando o saquito, porque só quer ficar colada na gente. Acho que ela ficou traumatizada dos dias que ficou sozinha aqui. Mas ela ficou bem, com dois banheirinhos, comida pra cinco gatos e muita água. Ela sentiu mesmo foi falta da nossa suave presença! 🙂 Tadinha…. E agora estamos todos nós borocochôs… Eu com dor de cabeça, o Ursão desmaiado, a gata desanimada..
Também não consigo acessar a Chatterbox…. Grrrr! Não é problema com os MotherF#@$%&ers, porque as outras páginas estão entrando. Eles refizeram o layout do site. Ficou melhor – virou CalNet! 🙂
E nós já combinamos de ver Cast Away, com o Tom Hanks hoje. Se conseguirmos nos recuperar, pegaremos a sessão das 4pm em downtown.
Ontem dei uma geralzona aqui no meu quarto. Arrumei meu armário de roupas que estava uma ZONA! Daí eu vejo coisas que eu comprei já faz um ano e NUNCA usei. Roupas que eu nem lembrava que tinha. Não tem espaço no closet, ou tem MUITA roupa?? Eu tenho que admitir que sou uma materialista-consumista… Agora parei um pouco, né? É o lado bom de estar sem emprego. Também arrumei meu desk. Faltou o escaninho (essa palavra parece do tempo do Machado de Assis, mas não sei outra pra descrever os pequenos compartimentos do meu trendy desk!) das contas, porque hoje vou fazer os chequinhos. Já fiz o do aluguel e tive que colocar a data: 2001 (DOI MIL E UM!)! Não é exótico?? 🙂 Arrumei a caixa dos recibos e extratos do banco. Tava uma coisa, toda embolada, lotado de papelada inútil. Como a gente relaxa durante o ano, hein? Mas hoje quero terminar essa limpeza. Inté! 🙂

  • Share on:

Sol e fRiiioooooo….

*

Tenho que começar a pensar nos rituais de final de ano. Eu costumava fazer um monte de pequenas coisas (usar calcinha e sutiã novo na passagem era essencial!) e minha mãe tinha umas tradições italianas para o reveillon. Aos poucos fui me desapegando dessas coisas, mas nesta entrada de milênio tô querendo caprichar. Acho que esse ano ‘00’ foi uma espécie de ‘sala de espera’ pro começo dessa ‘nova era’. Tive que desenvolver uma paciência zen, porque foi um ano paradão (bom, muita coisa mudou na minha vida, então o ano não foi tão ‘paradão’ como eu fico pintando!!).
No site do Cris Dias tinha um link pra uma matéria da revista Elle brasileira, com dicas para a passagem do ano para cada signo. O que dizia do meu (sou Libriana, sol na 9! Acs Caprica, lua Câncer, Vênus em Virgem, Saturno e Júpiter na 1, no asc!!):
“LIBRA:Liste os aspectos negativos de sua vida com lápis preto em um papel-cartão grande. Em seguida, com tinta guache ou óleo, pinte um quadro sobre a lista, usando cores que reflitam seus sentimentos. Verifique se a tinta cobriu tudo o que estava escrito. Pendure a pintura onde possa vê-la sempre. Isso lembrará você do poder transformador que existe na criatividade libriana. Escreva uma lista de intenções em sua agenda e corrija-a de vez em quando. No banho, derrame no corpo um chá de flores e folhas de jasmim, temperado com mel e sete folhas de arruda. Vista amarelo e dourado. À meia-noite, coma sete azeitonas e brinde com champanhe.”
Azeitonas verdes ou pretas?? 😀
Ainda não resolvemos nada do Reveillon. Nem perguntamos pro Gabriel o que ele vai querer fazer. No ano passado eu planejei passar na cama, de pijama de flanela! 😉 Talvez neste ano o plano do pijama funcione! 🙂
Vou começar a faxina de final de ano com o meu computer. Essa máquina tá cheia de lixo! Clutter No More! 🙂 Bye!

  • Share on:

dia de inverno

*

Enquanto o resto do país afundava no frio, blizzards, chuva de gelo, neblina, vento, lá em Los Angeles nós passeamos de camiseta. Estava 24C! Esse é o ‘California Dream’… Com certeza! 😉 No alto da península de Palos Verdes, vimos o mar azul-índigo das janelas da casa do Paulo. No dia que voltamos para Davis, o dia estava tão ensolarado e claro, que da garagem da casa pudemos ver as ondas do mar lá embaixo do penhasco!
Nosso Natal foi ótimo, pois foi em família! Quantos anos desde que passamos o último Natal junto de pais, irmãos, primos? Todo ano estávamos nós do outro lado da linha do telefone, enquanto a família se reunia e celebrava longe da gente. Desta vez foi diferente! Mas foi o primeiro Natal deles longe de todos, então a Júlia chorou dramaticamente (ah, as atrizes dessa família!) de saudades da Isabela. Elas conversaram pelo netmeeting e eu pude ver as caras velhas conhecidas da família da Iri. Meus pais passaram a véspera de Natal sozinhos, porque a Le ficou doente e foi dormir cedo. Que falta de sorte… Mas nós tiramos muitas fotos para mandar pra eles e até uns shots do Gabriel , Júlia e Paula (essa, não muito à vontade com o ‘priminho’ de 1,90m, cabelos longos, chinelão e atitude zen..!!) na camerazinha, para o vovô e vovó se deliciarem. Ficou engraçado mesmo: ele enorme e elas penduradas nele! Deve ser bom ter um primão assim, né?? 🙂
O Natal das meninas compensou a distância e as saudades. Elas ganharam MUITOS presentes. Foi uma rasgação de pacotes por uma meia hora e depois (já cansadas) ficaram brigando! 🙂 O Gabriel distraidamente começou a tocar umas musiquinhas num pianinho da Paula e ela fez um verdadeiro escândalo! Porque ELE estava pegando o brinquedo dela… HAHAHA! Nós rimos muito, mas ela chorou lagrimonas sentidas! Ela tem só 2 anos, né?? 🙂
O Ursão quis visitar Hollywood, então percorremos a ‘calçada da fama’ onde tiramos aquelas fotos de turistas no Teatro Chinês ! É um passeio brega, mas nós nos divertimos pra dedéu, achando as assinaturas e comparando o tamanho dos pés dos atores com os nossos! Ficamos impressionados com o tamanho dos pés das atrizes da década de 40 e 50. Putsz, essa gente era pequena! Não é só no Brasil que as gerações estão ficando maiores e mais altas!
Depois visitamos Santa Monica , que é muito bonita e trendy. Jantamos num restaurante por lá e depois fomos pra casa tomar sorvete. Aproveitamos e tomamos chá, devoramos as tortas de chocolate e manga, mandamos bala nas champagnes e nos queijos e fomos dormir tardão, depois de muito papo e risadas galore!
Aguardem todas as fotos de LA aqui amanhã! 🙂
O Paulo ganhou um panettone Bauducco de alguém brazuca e nós colocamos os panettones Fior de Fiore no armário e escolhemos comer primeiro o brasileiro. Mas que decepção! Eu achava que os panettones brasileiros eram o fino da bossa, mas depois de 10 anos só comendo panettone italiano, pudemos concluir que os panettones da terrinha não são aquela delicia. Achamos o Bauducco seco e pesado.. Viu só??
Eu ganhei o CD do House of Blues -Songs of The Rolling Stones, do Gabriel. Eu não tinha certeza se tinha esse CD ou não (eu tenho esse problema mongólico de não lembrar das coisas…!). Hoje eu vi que eu tenho sim… e viemos ouvindo o dito cujo no carro.. Como vou trocar? Na Borders eles não aceitam trocas de CD aberto (muito correto, senão já pensou a zona?). Ai, ai…..
Minha mãe me mandou um CD de um cara chamado Tomaz Lima – Homem de Bem. Ela me disse que ele mora na India, ou coisa assim, mas ele canta em português. São músicas pra meditação, que a minha mãe disse que a Iara usa na anti-ginástica. Eu achei legal… Mas eu medito ‘muitíssimo’, sabe?? 😉 Madana Mohana Murari… Ommmmm!!
E no cinema, uma penca de filmes pra ver! Tem Cast Away, que o Ursão quer ver comigo. Tem Miss Congeniality, All The Pretty Horses, Chocolat, Pola X, Finding Forrest, Quills….. Como vou fazer pra ver tudo isso? Vou ter que ir no passo do elefantinho.. plic ploc plic… 🙂

  • Share on:

Merry!!

*
feliznatal.gif

Nublado…
Vocês têm que conhecer a Juju Guimarães – ela é uma lindona!!
Tudo pronto para o seu Natal ai? Tudo mais ou menos pronto para o nosso Natal aqui. Esqueci que sabemos chegar em Los Angeles, mas não sabemos chegar em Palos Verdes . Vou ter que ir até o tripleA em Woodland para pegar uns mapas…
Estou com preguiça de comentar as indicações para o Golden Globe Awards. Wonder Boys, Almost Famous e Jim Carrey precisam ganhar algo. Eu não vi The Gladiator.. bleargh…. Não gosto desse tipo de filme. O Russell Crowe é bonitinho, mas só faz papel de machão!
Hoje abre Family Man (que abre também no Brasil – já vi no Cine&Tv ), Cast Away (que é só elogios pro Tom Hanks) e Miss Congeniality (com a Sandra Bullock de agente do FBI disfarçada de candidata a ‘miss’). Também tem Chocolat e You Can Count on Me. Depois da decepção com What Women Want, eu estou meio desconfiada desses trailerzinhos divertidos….
Merry Christmas and see ya soon!

  • Share on:

planos

*

Nublado…. Cara de chuva.
Dois dias para o Natal… Gentes, eu não vejo a hora de encerrar esse bendito ano dois mil. Não sei o que vamos fazer no reveillon. A Etta James vai fazer um show em Reno, lá no John Ascuaga’s Nugget na noite do dia 31. Eles sempre têm uns pacotes legais e o hotel é muito bom. Quem sabe, né? Tudo vai depender dos planos do Gabriel (e da Marianne). No Natal já temos a companhia da família Maldonado Guimarães em Los Angeles. Estaremos descendo no sábado.
O Frizon escreveu que a banda KORN tinha morrido num acidente de avião no sábado. Eu não li notícia nenhuma sobre isso. Acho que não caiu nenhum avião por aqui… Well, o Gabriel é fã deles. Eu vou perguntar pro monkeyboy se os kornudos morreram ou não. Mas eu tô achando essa notícia estranha….
Estou devorando o Saramago The Year of the Death of Ricardo Reis. O médico e poeta Ricardo Reis retorna à Portugal no final de 1934, depois de 16 anos no Brasil (no Rio). Eu nunca estive em Portugal, mas quando for, vou levar esse livro, para poder caminhar por Lisboa, como a personagem de Saramago faz! E ele ainda se encontra com o Fernando Pessoa morto. Ainda não saquei essa parte ‘mística’, mas estou adorando a história!
E aqui nesta casa só se dorme….. Zzzzzzzz…… eita gente folgada!! Se dorme no cobertor do sofá, no ededron, no tapete, no quilt da cama, com o braço esticado, toda acocorada, de barriga pra cima, com a cara escondida….. Vocês sabem de QUEM eu estou falando, né? 🙂

  • Share on:

o passado não condena