Esse papo já tá qualquer coisa…

*

Eu estou pessimista como nunca imaginei um dia estar. Toda vez que vou ao supermercado, tenho ganas de fazer estoque de atum em lata e de galões de água. Sinto uma tristeza imensa, uma pena imensa, uma desilusão imensa. Eu sempre achei que a minha geração não iria viver cenas de filme de final do mundo. Já não acho mais…

  • Share on:
Previous
recadinho
Next
Sempre a mesma história…
  • mas isso tudo por causa de que mesmo? assim, nao ia achar que era qualquer coisa seria, mas depois do comentario da leila pensei duas vezes. seria a epoca de tornados e furacoes? ou porque israel decidiu invadir o libano? to boiando…
    de qualquer maneira, fica tranquila, muleh… esse pessimismo vai passar. vou dar uma olhada no chucrute pra ver o que voce tem de novo la. um beijo imenso.

  • qualquer dia desses, a Esperança vai acordar e, olhando pros lados, perguntar:
    “ué, cadê todo mundo?”
    para momentos como esses pelos quais estamos passando, receito sempre como placebo “além do horizonte”, do rei, na voz da Nara – pra mim é batata.

  • Putz, Fer, mas a gralha do apocalipse sou eu! Se vc, que é uma pessoa normal, já está com esses pruridos, é porque a coisa vai mal, mesmo. Vou aproveitar que tenho que ir no Super e… deixa eu ver, galões de água, latas de tuna, barrinhas de cereais… No mais, vamu de retro!

  • Fer, descansa vendo uma sessão de Besteirol, eu como você viu já estou com a minha nas mãos.
    Vi um filme brasileiro, inte que lá vai. ” Deus é Brasileiro ” do Caca Diegues, já viu?
    Beijos
    ps. melhor esquecer de pensar.

  • Jura, Fer? Quando vejo nos telejornais pessoas estocando alimentos e galões de água (americanos na sua maioria) penso que representam uma minoria, mas lendo o seu post e o comentário da Leila vejo que eu devo ser uma otimista quase alienada. 🙁

  • Assino embaixo, Fer…
    Aqui onde eu trabalho já aconselharam várias vezes a ter estoque de comidas e equipamentos de emergência em casa (inclusive dando listinhas), para caso de desastres (naturais ou atentados), bird flu etc. Na hora fico apavorada, depois esqueço. Ainda não estoquei nada!

Deixe uma resposta para claudio boczon Cancelar resposta

o passado não condena