os girassóis

*

Girassóis no campo & lua no céu — numa manhã de junho em Woodland, CA

  • Share on:

B-flat blues

*

Estou escrevendo um livro aqui nos EUA equivale a estou fazendo aulas de inglês no Brasil. #TodoMundoFaz

Segunda-feira, nove da noite, festa na beira da piscina, eu com frio e exausta, o convercê não tinha fim e de repente eu falo um CINQUENTA! O cérebro cansou, desligou o inglês, entrou em ponto morto.

Entardecer da sexta-feira, fui para o encontro mensal do grupo de colecionadores de Barbie. Como fui convidada pra isso é uma longa história, porque nunca nem tive Barbie. Sou do time das meninas endiabradas que destruíam as Susis. Era um show & tell, então imprimi fotos da Susi [e da Susi e Beto juntos—duas do Beto sozinho, pelado] e fui na maior cara de pau. Minha Susi brasileira até que fez sucesso e muitas pessoas ficaram interessadas. Não sei se voltarei, porque nem tenho boneca, muito menos coleciono, mas o pessoal lá é profissional e têm quartos inteiros na casa reservados pra coleção. E as bonecas são impressionantes.

E na reunião dos webworkers no campus tinha um moço de camisa de manga comprida, gravata, sapato de couro e um cabelo com um corte totalmente anos 30! Queria ter tido coragem pra tirar uma foto, mas não tive. O look vintage dele estava diferente, porque programadores estão sempre de chinelo, camiseta, cabelão ao vento. Minto, um dos programadores que tinha um cabelão preso como se fosse um samurai, agora está de cabelo curto e bigode. Um ex-samurai de chinelo de dedo e bigode.

Eu sonho que a recuperação dele seja mágica. ✨

  • Share on:

vamos?

*

Oi, pode entrar, é aqui mesmo! Você não clicou em blog errado. Este é o velho The Chatterbox de guerra, finalmente de casa nova depois de quase dezesseis anos de estrada. Não estava pensando em mudanças visuais, mas fui obrigada. Há anos que eu estava querendo aposentar o publicador que eu usava desde 2001, o Movable Type, pois ele deixou de ser o melhor programa já faz uma década. Mas a falta de tempo me fez protelar. Sem falar no medo da trabalheira que iria ser mudar tantos anos de tagarelice e imagens de um lado pro outro. Aproveitei uma folga que tive, folga forçada por causa de uma pequena cirurgia, e usei os dias de cama pra fazer a migração. Foi uma tarefa hercúlea e precisei da ajuda do meu filho no final, mas consegui migrar meus blogs para o WordPress. Uma das grandes vantagens desse publicador é que agora meus blogs são responsive, ou seja, visualizam bem em todas as plataformas. A Matraca agora é mobile friendly e tem um monte de outras coisinhas utilitárias. Por favor me avisem se virem algo quebrado, que eu consertarei prontamente. Bem-vindos a nossa nova moradia, fiquem a vontade e divirtam-se!

  • Share on:

CalorForno

*

A regra para os próximos dias é: ninguém sai na rua depois das 9:30 am.
Frases usadas ontem e que serão reusadas muito até o final do verão:
—it’s disturbingly hot out there!
—a ridiculous heat!
—it’s unsafe to breathe.
Estamos a uma semana do 4th of July, então é isso mesmo. Calor, calor, calor, calor e mais calor. ☀️

  • Share on:

a velha história de sempre

*

No farmers market:
Moça vendendo tomate—tem alguém aqui que está cheirando muito bem!
Moça comprando tomate—não sou eu.
Fer—então deve ser eu. ¯\_(ツ)_/¯
Claro que era eu. Sempre sou eu.

  • Share on:

indiscreet

*

Não sei como acabei com a incumbência de fazer a salada para o churrasco na casa da minha amiga. Estava na cozinha cortando os tomates, as abobrinhas e as cebolas quando a mãe dela chegou. Assim que fomos apresentadas ela disse—você está me fazendo lembrar a Ingrid Bergman, num filme onde ela está na cozinha preparando breakfast para o Cary Grant! Dei uma risada alta, porque não acho que tenho absolutamente nada semelhante à superstar sueca. A única coisa que eu e a Ingrid Bergman temos em comum é a altura e o fato dela estar na beira do fogão, segurando uma espátula e fritando um ovo no tal filme. Mas a mãe da minha amiga achou que tinha algo com o meu cabelo preso e o fato de eu estar usando um vestido e passou a festa toda me chamando de Ingrid. Sou uma pessoa modesta, não me acho bonita, nem elegante, nem chique, mas fiquei tão feliz e lisonjeada com esse baita elogio. Quero prender meu cabelo mais vezes e usar muitos vestidos daqui pra frente.


O filme é Indiscreet, de 1958.

  • Share on:

bem rapidinho

*

Nunca fotografarei meu café da manhã, porque é só uma cumbuca de café com leite e bolachas tipo maria com manteiga. #NoGlamour
Não posso esquecer minha ex-chefe quando eu disse que não tinha visto os itálicos no html—faça um óculos, você tem um plano de saúde ótimo!
Tava falando de aposentadoria com colega e ele—o investimento é de acordo com o seu objetivo de futuro: viagens pelo mundo ou morar num sítio. E eu fiquei matutando: acho que ficara bem feliz com um futuro no sítio. <3 A Netflix streaming é boa só pra séries, porque os filmes são bem fracos. Pra eles tem que ter a conta de DVDs. E eu não entendo isso. Outra coisa que não entendo são as revistas sem interatividade no ipad. Uma replica da versão impressa no ipad é como fazer slide show na tv. Cancelei a assinatura de mais uma revista por causa disso. Uma revista brasileira, que já é bem ruim per se, daí você não consegue ler e é tchau mesmo. Nem começou o verão oficialmente ainda e eu já estou—receitas com abobrinha procurar socorro! A moça sentada do meu lado no jantar se chamava Hope e ficou falando de cabala, luzes controladoras, escuridão e teorias de conspiração. Se você acha que tá cheio de hippie maluco aqui na Califórnia, você tá certo. menu_du_jour_3.jpg
BERTIE: Touch of indigestion, Jeeves?
JEEVES: No, Sir.
BERTIE: Then why is your tummy rumbling?
JEEVES: Pardon me, Sir, the noise to which you allude does not emanate from my interior but from that of that animal that has just joined us
BERTIE: Animal? What animal?
JEEVES: A bear, Sir.

  • Share on:

i intend to be independently blue

*

Dia 26 de maio fez cinco anos que mudamos de Davis pra Woodland e sinceramente já nem lembro como era a vida antes desta casa.
Fui ao picnic da firma com o chapéu de sertanejo do meu filho e meu óculos italiano de aro verde e o cara feio disse—you look very posh.
Nos campos que tinham girassóis no ano passado, neste ano tem tomate. Quando dirijo pelas back roads já estou marcando onde estão os campos de girassóis, porque no final de junho vai ter foto! muita foto!
Gente que fala muito alto perto de mim desalinha meu chakra.
Ainda estava me vestindo quando tocou a campainha, era um moço da prefeitura avisando que iam remover uma árvore da frente da casa dos vizinhos. Poxa vida, qual delas, perguntei, já temendo que fosse uma grandona. Aquela sycamore pequena que está doente, ele respondeu. Que tristeza quando as árvores têm que ser sacrificadas. Mas vamos plantar outra no lugar, completou o moço. Todo dia penso qual será a próxima, já que na minha vizinhança as árvores são centenárias.
Fui nadar e nas viradas vejo na raia ao lado um cara nadando pelado só com pés de pato azuis.
“☉_☉”
O calção dele era cor da pele!

  • Share on:

novidades

comentadas

o passado não condena

socialite